Comitê de Mortalidade Materna reúne setores da saúde para o último encontro de 2023

O objetivo é fazer um balanço do trabalho e traçar as metas do próximo ano

Em uma roda de conversa com profissionais de diversos serviços em saúde, a Prefeitura de Japeri, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), realizou nesta terça-feira, (19), a última reunião do Comitê de Mortalidade Materna em 2023. O encontro aconteceu no auditório do Centro Municipal de Especialidades (Cemes), em Engenheiro Pedreira com o objetivo de fazer um balanço do trabalho e traçar as metas do próximo ano. 

Presente no encontro, a subsecretária de Atenção Básica, Helen Santos, destacou que o fortalecimento de programas como pré-natal, puericultura e até mesmo o planejamento familiar são estratégias importantes para a diminuição dos índices de mortalidade.

“Vamos construir políticas públicas com programas e fluxos consolidados que vão somar a nossa rede humanizada e consequentemente teremos a redução dos índices de mortalidade materno infantil”, declarou.  

Segundo a coordenadora do PAISMCA (Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher, Criança e Adolescente), Ruth Valentim, as reuniões do comitê são organizadas e abertas para toda a rede, mas é preciso ampliar.  

”É com grande satisfação que a cada encontro novos serviços são agregados às reuniões do Comitê. Hoje temos aqui representantes do Conselho Tutelar, do Hospital Municipal, da Vigilância, da Atenção Básica, da Saúde do Trabalhador, do Samu e do Viva Japeri. Nós somos um grupo de pessoas que está organizado para que, não só a vida aconteça como permaneça”, relatou. 

O grupo debateu ainda as dificuldades enfrentadas pelo Comitê para o entendimento social de suas atividades e destacou o empenho dos profissionais e a importância dos serviços que estão agregados.   

O Comitê de Mortalidade Materna busca a melhoria da saúde materna e infantil e a qualidade dos cuidados durante a gravidez, o parto, o nascimento e o primeiro ano de vida da criança para reduzir os índices de mortes. 
 
 
Japeri se destaca com Comitê ativo 

 
De acordo com a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Renata Lameira, a importância dos encontros se reflete diretamente no fortalecimento dos protocolos de promoção, atenção e vigilância em saúde.

“É muito bom quando estamos em atividades fora da cidade, muitas vezes em instituições como a Fiocruz, e somos reconhecidos e respeitados. As pessoas querem saber como estamos desenvolvendo o Comitê. E percebem que ele é recente em termos administrativos, mas na nossa prática o debate já existia. Somos um Comitê ativo, porque o SUS não anda sozinho, nós somos o SUS”, relatou. 

Para a coordenadora do Programa Viva Japeri, a psicóloga Silvana Amaro, que atua com as notificações de violência interpessoal e autoprovocada pela ficha do SINAN (Sistema de Informação de Agravos de Notificação do SUS), o grupo atua com três características importantes: disposição, capacidade e permissão. 

“Com disposição a gente renova e melhora o cenário que temos; com capacidade a gente constrói e se cerca de mais pessoas capazes de contribuir com o trabalho que queremos e que a cidade necessita; e precisamos nos permitir e aceitar os desafios. Como aconteceu com profissionais que hoje estão com a gente, como as enfermeiras Karine Rocha da Atenção Básica e agora a Paula Dantas, do Hospital Municipal.   

Com o fortalecimento do Comitê, o grupo dá início ao núcleo que vai atuar no hospital da cidade. “Vamos preparar a nossa equipe para que através de capacitações de educação continuada possamos promover o entendimento de casos clínicos que evitem a mortalidade. Esse vai ser um passo importante para somar a qualidade do atendimento que ofertamos. Fazemos o melhor porque a população de Japeri merece”, disse a enfermeira Carla. 

“A capacitação no hospital fecha nossa proposta de 2023 e já abre as metas de 2024”, comemorou a coordenadora Ruth. 

Em 2024 o Comitê permanece com a agenda de reuniões bimensais. 

Fotos: Carolina Freitas

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked*